Agendamento
Ligue e agende sua consulta.

Boa noite, seja bem vindo!

Especializada em tratamentos
de Coluna e Dor


Nossos Tratamentos

Escoliose

Escoliose é um desvio tridimensional da coluna no plano frontal, ocasionado pela inclinação e rotação vertebral. Assimetria na altura das mamas, cintura, ombros e caixa torácica são as manifestações clínicas que acontecem a partir do momento em que a escoliose vai aumentando de valor angular, assimetrias essas secundárias a inclinação e rotação vertebral.

Existem diversos tipos de escoliose, sendo a idiopátiaca a mais comum, cerca de 80% dos casos. Para esses casos acredita-se haver uma hereditariedade multifatorial. Outras causas são: congênita, neuromuscular, degenerativa. A escoliose também pode ser a causada por alterações em outros segmentos, como em indivíduos com diferença no comprimento das pernas ou alterações na bacia.


Exame físico

O paciente deve ser examinado de frente e de costas onde analisamos a assimetria da altura dos ombros, escápula e crista ilíaca. Ao examinar o paciente lateralmente avaliamos as curvas fisiológicas da coluna como a lordose lombar e a cifose dorsal.

Na inspeção também observamos a presença de alterações de pele como manchas “café com leite”, tufos pilosos que são sinais de escolioses que são sinais de deformidades com etiologia específicas.

O teste de “Adams” é usado para verificar a presença de rotação vertebral sendo muito importante sua realização nos pacientes com escoliose.

Exames de imagem

  • RADIOGRAFIA

A radiografia permite o diagnóstico e avaliar a melhor forma de tratamento. As posições solicitadas são de frente e perfil em filmes grandes que possibilitem avaliar as 3 curvas da coluna cervical torácica e lombar.

Quando o paciente tem o diagnóstico confirmado é necessário a realização de radiografias em inclinação para avaliar a flexibilidade da deformidade, e de bacia para avaliarmos a maturidade esquelética.

  • RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

Deve ser solicitada em deformidades atípicas, curvas de raio curto, rápida progressão, dor e alterações neurológicas para verificar se há alguma mal formação nos tecidos neurais.

Tratamento da escoliose

O tratamento divide-se em observação, uso de colete e cirurgia. Na indicação de uma das três formas de abordagem levamos em consideração o grau da deformidade pelo ângulo COBB medido nas radiografias de coluna, a flexibilidade da curva e a maturidade esquelética.De uma forma didática, pode se definir o tratamento em três zonas:

  • Curvas com até 20 graus observa-se a evolução da deformidade através de radiografias a cada 6 meses. A grande maioria dessas deformidades não evoluem para altos valores angulares.
  • Curvas entre 20 e 40 graus, dependendo do estágio de maturação esquelética, recomenda-se o uso de coletes do tipo “MILWAUKEE” ou TLSO.
  • Curvas acima de 40 graus, dependendo do estágio de maturação esquelética, rotação vertebral e progressão da curva nos últimos meses, recomenda-se a abordagem cirúrgica.





Uberlândia-MG Instituto Integrado de Ortopedia e Traumatologia
Rua Rafael Marino Neto, 600 - Sala 43
Bairro Jardim Karaíba

Araguari-MG Clínica Santa Marta, Sala 06 - Subsolo
Rua Rio Branco, 130

Telefone Uberlândia

Uberlândia-MG
(34) 3255-2777

Telefone Araguari

Araguari-MG
(34) 3513-2213
(34) 3246-8586

Redes Sociais

Dr. Alex Pereira Alves

Médico responsável
Dr. Alex Pereira Alves
CRM 47102